Um dos meus gêneros preferidos tanto para livros quanto para filme se séries é a ficção histórica. Este gênero é tido como sub-gênero da ficção em si, tendo como base (a ser ficcionalizada) eventos históricos. Embora os pontos de vista ou determinadas situações apresentadas não sejam fidedignas aos fatos históricos, as obras inseridas nesse gênero têm a preocupação em caracterizar determinada época e/ou costumes e narrar eventos conhecidos, às vezes sob ótica e perspectivas diferentes da difundida históricamente (eis parte da ficcionalização).

Já a fantasia épica, popularizada especialmente através de Lord of the Rings – Senhor dos Anéis, tem como principal característica a presença constante de magia e do sobrenatural. Os principais representantes do gênero possuem ambientação em cenários semelhantes ao medievo europeu, embora essa não seja uma cracterística mandatória.

 

Drama histórico & Ficção histórica

 

Rome (Roma)

Rome

Baseada em acontecimentos históricos na Roma antiga, a série retrata a transformação da República Romana no Império Romano, traçando sua história de Júlio César a Otávio Augusto. Classificada como drama histórico, a história é repleta de conspirações e manipulações que prendem a atenção do espectador, além de contar com fortes cenas de violência, assassinatos e sexo (o que costuma aumentar bastante a audiência).

Dentre os elementos técnicos que me encantaram na série estão uma das mais bem escolhidas trilhas sonoras e igualmente uma das mais envolventes músicas tema e abertura lindíssima. Quanto ao roteiro, a série foge do “senso comum” por não ter como protagonistas os próprios governantes e suas famílias, e sim dois legionários romanos, incluindo na história suas próprias tragédias pessoais. Rome mantinha isolada o posto de minha-série-preferida-de-todos-os-tempos até passar a dividí-lo com Game of Thrones.

Exibida entre 2005 e 2007, a série possui apenas duas temporadas, totalizando 22 episódios de 55 minutos cada, exibidos pela HBO e pela BBC. No Brasil possui classificação indicada para maiores de 16 anos.

 

The Borgias (Os Bórgias)

Baseada na história da proeminente família Bórgia, marcada por corrupção, incesto e assassinatos, a série The Borgias mostra o trajeto de Rodrigo Borgia em sua busca por poder e influência, se tornando o Papa Alexandre VI em 1482. Frequentemente comparada a The Tudors, The Borgias tem como um dos temas a corrupção dentro da Igreja, esmiuçando em um ritmo lento o dia a dia do Vaticano renascentista.

Com estreia em 2011, cada episódio da série possui 55 minutos. Exibida pelo Showtime e atualmente em sua segunda temporada, sua classificação é para maiores de 16, graças as cenas de nudismo e ao conteúdo intensamente profano.


Fantasia épica

 

Game of Thrones (Guerra dos Tronos)

Game of Thrones

Atual queridinha do público, Game of Thrones narra, em um primeiro plano, a disputa entre sete Famílias pelo Trono de Ferro que dá ao seu rei o controle de Westeros. Com diversas sub-plots, a série nos surpreende com inúmeros jogos políticos, conspirações e artimanhas, fazendo com que se torne impossível confiar em qualquer um dos personagens. Não há absolutamente nada deixado a desejar na série, conquistando até mesmo aqueles que não eram fãs do gênero fantástico anteriormente (como eu mesma, por exemplo). E, claro, também conta com uma abertura maravilhosa e com uma música tema fascinante.

Lançada em 2011 e atualmente em sua segunda temporada, exibida pela HBO, Game of Thrones é uma série de fantasia épica, baseada na sequência de livros A Song of Ice and Fire de George R. R. Martin. Cada episódio possui 55 minutos e sua classificação no Brasil é para maiores de 18 anos (matança, muita matança, sexo, muito sexo).

Indico sem medo aos que simpatizam com o gênero qualquer uma das três séries.

Categorias: Séries | 14/05/2012

Leave a Reply


CommentLuv badge

29 Responses so far.

  1. Rafa says:

    Das séries citadas, a única que tenho algum interesse em ver é Game of Thrones :x
    E eu adoooooro literatura de fantasia épica! ^^
    Já estava com muitas saudades de ti e teus posts, Bruh ;x podia sumir menos né?

    [Reply]

    Bruna Damiana Reply:

    Trabalho, trabalho, trabalho, trabalho. O dia em que eu for problogger, quem sabe. ;DD haha

    [Reply]

  2. Wellington says:

    As séries realmente possuem plots muito muito intrigantes e boas. O que muda é a velocidade de desenvolvimento da história, a atenção aos detalhes e a produção. Cada um tem seu ponto em separado. Assisti um episódio de The Borgias e, claro, acompanho a série com você de Game of Thrones, e digo que é realmente muito intrigante o ponto de vista contado por outra pessoa, seguindo a rede de tramas e artimanhas usadas. Algumas partes das histórias são tão intensas e bem colocadas que são realmente de tirar o fôlego, mesmo.
    Gostei muito do post, e espero sempre assistir séries contigo, meu amor. Te amo, momozi.

    [Reply]

    Bruna Damiana Reply:

    The Borgias é bem lenta, nem se compara nesse sentido com The Tudors e muito menos com GoT. Com relação a GoT mesmo, acoh que você vai gostar de como os livros foram escritos. Em breve levo pra você. <3

    ;*

    [Reply]

  3. pinkperry says:

    Tenho vontade de assistir The Tudors, mas mal consigo manter meus vícios prévios. Em relação a GoT que é a única da lista que eu acompanho, acho interessante a mistura do fantástic com todo o resto. Além das intrigas e traições que, muitas vezes, são surpreendentes, aparece o fator sobrenatural que faz sua cabeça explodir mais um pouquinho, justo quando você achava ‘I have seen it all’.

    [Reply]

    Bruna Damiana Reply:

    Eu não sou fã de fantasia, mas GoT me surpreendeu (por enquanto, já fiquei bolada com esses últimos episódios haha). The Tudors comecei a ver mas acabei deixando pra lá. Por algum motivo não gostei do ritmo (e devia, porque é um assunto que amo).

    [Reply]

  4. Só conheço mesmo o GoT e gostei muito. Mas quando comecei a assistir tinha a esperança de que não fossem acontecer coisas sobrenaturais, detalhe que me chateou um pouco, mas mesmo assim continuei gostando. Os personagens são muito bons e faz vc querer saber exatamente como cada um vai se comportar nas tramas que vão se formando. A primeira temporada eu peguei inteira com um amigo e cada episódio me deixava com muita vontade de ver o seguinte… viciante.

    [Reply]

    Bruna Damiana Reply:

    Estamos na mesma! Eu também tinha esperanças de que não acontecessem (muitas) coisas sobrenaturais. Maas… haha

    [Reply]

  5. Camila says:

    Olha, não acompanho as duas primeiras, mas Game Of Thrones é impossível não amar. Eu nunca tinha me interessado em ver séries do tipo, mas depois da insistência de uma amiga (santa amiga) acabei vendo o primeiro episódio e desde então não consigo abandonar. Céus, um episódio por semana não é o suficiente, quero todo dia!

    Me interessei por ROME, vou dar uma olhada…

    Boa semana!

    [Reply]

    Bruna Damiana Reply:

    Rome é interessantíssima (pra quem gosta do gênero, claro). E o fato de ter só duas temporadas faz com que seja melhor ainda (por um lado, triste, porque acaba e você fica com gostinho de quero mais, mas é bom que não dá tempo de enjoar! haha)

    Boa semana! :]

    [Reply]

  6. Lyra says:

    Dessa lista, só conheço mesmo GoT! e sou fã, admito, apesar de que desanimei dos livros desde que Festim dos Corvos (o quarto livro da série) ficou chato e monótono. Mas a série é mesmo um primor, e tem tantas subtramas que os protagonistas ficam até de lado, algumas vezes. Sou fã principalmente da Dany (Daenerys Tangaryen, mãe dos dragões) e da Arya Stark.
    Um beijo!

    [Reply]

    Bruna Damiana Reply:

    A Arya é linda. Team Arya! Junto do Tyrion! Me identifiquei muito com ele (deve ser por causa da altura e…) ;D

    Os livros ainda não to lendo (ok, me apedrejem), mas tenho todos os lançados até então. haha

    [Reply]

  7. Juli says:

    Desses 3 só assisto Game of Thrones. Mas ouvi falar muito em dos outros dois. São superproduções como o GoT, né?

    Vou confessar que eu só fico com o pé atrás de assitir as outras porque senas de sexo em excesso me incomodam, e em GoT eu acho que há demais. Mas é algo um tanto pessoal hehehe.

    Bjins =*

    p.s: obrigada pela visita no blog. :)

    [Reply]

    Bruna Damiana Reply:

    Oi Juli!

    Na verdade eu também me irrito quando tem essa apelação. Tem momento apra tudo, claro, e se a cena for bem encaixada, não vejo problema. Mas normalmente ABUSAM (dá ibope, né?).

    ;**

    [Reply]

  8. elicardo says:

    Muito bom né?
    Vou pegar algumas dicas aqui pra assitir depois
    adoro qualquer coisa que se relaciona com a história.

    [Reply]

    Bruna Damiana Reply:

    Então assista tudo! ;D

    [Reply]

  9. André Andretta says:

    Ah, eu vi Rome até metade da segunda temporada e é muito bom. Queria ver as outras, mas eu sou muito preguiçoso pra acompanhar séries =[

    [Reply]

    Bruna Damiana Reply:

    Mas só tem duas temporadas! Como assim parou na metade da segunda? Que absurdo! ;D

    [Reply]

  10. Gosto bastante do filme Gladiador é do mesmo gênero, a história passa na época em que existia as batalhas entre gladiadores no famoso Coliseu. Ainda não assisti nenhuma série desse estilo, só mesmo filmes. Maas entre esses achei mais interessante o Game of Thrones, acho que vou esperimentar!

    Beijooos ♥

    [Reply]

    Bruna Damiana Reply:

    @Alana Prado, Gladiador é excelente! Depois de tanto tempo, chegou a ver o Game of Thrones? :]
    Bruna Damiana postou recentemente: Viver bem com o necessárioMy Profile

    [Reply]

  11. O único que eu li desses que vc sugeriu foi o Game of Thrones. Não sou muito fã de romances históricos, mas achei os livros bem bons, super bem escritos… Quem sabe eu num me empolgue, né?

    Terminei agora a sequência dos Jogos Vorazes e comecei a ler um romance chamado Marina, do Zafon. Estou AMANDO, super recomendo! =D

    Um bjão Bruh!

    [Reply]

    Bruna Damiana Reply:

    @Ericka Rocha, todo mundo super falou do Jogos Vorazes, mas acabei não me interando muito. Me conta? ;D
    Bruna Damiana postou recentemente: Viver bem com o necessárioMy Profile

    [Reply]

  12. Hello.
    Achei interessante essas séries. Já tinha visto falar de Game of Thrones, mas eu tenho um sério problema com séries: Não consigo assistir mais de uma ao mesmo tempo. Se começo assistir uma série, só começo a assistir outra depois de acabar essa, se não acabo não assistindo nenhuma.
    ODHEWIRHEPDHJSOPD
    No momento por exemplo, estou assistindo Gossip Girl, e ela é bem grandinha, então nem sei quando vai acabar, mas fiquei ansiosa pra poder assistir Game of Thrones ;P

    bj

    [Reply]

    Bruna Damiana Reply:

    @Dani Ramona, pra ser bem sincera Gossip Girl era uma das séries que eu tinha pavor e grande preconceito. Acabei assistindo a 1ª temporada inteira e gostei bastante, mas não levei adiante porque me disseram que depois ficava ruim. :/
    Bruna Damiana postou recentemente: Viver bem com o necessárioMy Profile

    [Reply]

  13. Clayci says:

    Game of Thrones *_____________* hahah confesso que só me interessei pq um dia meu irmao assistindo da cozinha ouvi a abertura =P hehe boas pedidas.. Roma me interessou tb

    [Reply]

    Bruna Damiana Reply:

    @Clayci, chegou a assistir? :D
    Bruna Damiana postou recentemente: Viver bem com o necessárioMy Profile

    [Reply]

  14. Renata says:

    Já ouvi falar muito de Guerras dos Tronos mas nunca li os livros nem vi a série… Resolvi me dar uma chance e comprei o box com os 4 livros pra tentar ler.
    Já ouvi falar de Roma e a outra eu nem conhecia!
    ;*

    [Reply]

    Bruna Damiana Reply:

    @Renata, conseguiu ler os livros? O que tá achando? ;D
    Bruna Damiana postou recentemente: Viver bem com o necessárioMy Profile

    [Reply]

  15. [...] outros elementos dão o charme Paulina Martins versus Paola Bracho à história. E, como todas as séries que recomendo, Downton Abbey conta com uma abertura extremamente digna. As temporadas são curtíssimas, com [...]